fbpx

Nos últimos anos é notável a gama de produtos e serviços que vem surgindo com foco em nuvem. No entanto, ainda assim gera muita confusão nas nomenclaturas, principalmente para quem não tem um embasamento técnico.

Neste artigo você vai entender o que é uma hospedagem em cloud e como ela funciona.

Introdução a Hospedagem Cloud

Durante muitos anos a hospedagem de sites e aplicações eram baseadas 100% em servidores cPanel compartilhado ou em soluções privadas de alguma empresa, mas sempre mantendo esse conceito de manter centenas de clientes em um único servidor.

Quem trabalha com isso até hoje sabe como é difícil, hora ou outra sempre cai o banco de dados, sempre ocorre algum problema no disco do servidor e você não tem muito o que fazer a não ser sentar e aguardar a resolução do problema.

A hospedagem cloud é uma solução baseada em nuvem privada. Quando falamos em Hospedagem Cloud estamos falando a grosso modo em um produto que será totalmente dedicado e exclusivo para sua aplicação, também estamos falando em resiliência da infraestrutura.

Problemas clássicos de hardware não vai ser mais uma dor de cabeça. Isso não quer dizer que a sua aplicação nunca vai cair, mas podemos afirmar que problemas rotineiros como: defeitos no disco, no processador e o que for, não será mais um problema que você vai se preocupar. Furacões, Tsunamis e terremotos sim.. 

Se o provedor que você contratou ou está pensando em contratar possui soluções em nuvem genuinamente, é certo que você terá um mínimo de disponibilidade e resiliência possível. Você nunca vai acordar e ter uma mensagem da empresa informando que o disco do seu servidor queimou e que um técnico está colocando um novo.  ( Algo comum quando contratamos servidores físicos dedicados ). 

Principais Características de uma hospedagem cloud

Toda empresa que trabalha com hospedagem cloud possui algumas características em comum e é importante você saber quais são.

Cloud Privado “Servidor”

Se você contratou uma hospedagem cloud genuína, o seu servidor é um cloud privado. Não existe meio termo quanto a isso, não tem sentido possuir um serviço em nuvem e compartilhar seus recursos com outros clientes do seu provedor.

A maioria das empresas que trabalho e já  trabalhei o servidor é criado ali no ato da implantação, e você pode remover o cloud, desliga-lo e até mesmo exclui-lo.

Semi Gerenciado

Isso significa que a parte técnica que funciona a nível de servidor como: configurar o nginx, instalar o MySQL, implantar pathes de segurança, tudo isso é feito pela empresa que você contratou.

Já na camada de aplicação, onde você configura seu site e aplicações, tudo é de sua responsabilidade. É você quem configura um domínio, um banco de dados e um acesso FTP por exemplo.

Pagamento por hora

Todo serviço em nuvem é cobrado por hora e você tem essa liberdade de não precisar pagar nada adiantado. Algumas empresas dão descontos para pagamentos antecipados, mas isso não é uma lei.

Resiliência

Resiliência é aquilo que eu falo a todo momento, você não vai ter problemas técnicos a nível de hardware. Jamais vai receber uma mensagem do provedor informando que o HD queimou e está sendo trocado. Se isso acontecer me desculpe, não contratou um Cloud.

Fácil Escalamento

Toda hospedagem em cloud possui uma facilidade muito grande nos escalamentos. Você nem precisa abrir ticket ou ir lá passar o cartão, basta escolher o novo porte do servidor que tudo será escalado.

Vale ressaltar que algumas empresas possuem alguns limites, os modelos e tipos de servidores não são infinitos, logo, se você precisar escalar para algo que eles não tem, não poderá.

Como funciona uma hospedagem cloud ?

Quando um provedor decide ofertar um serviço de hospedagem em cloud é feito toda uma arquitetura de infraestrutura para que os clientes possam utilizar os serviços.

Como digo acima, uma hospedagem em cloud possui um servidor privado. Esse servidor privado muitas das vezes está em data center como: Google Cloud, AWS, Digital Ocean e/ou infraestrutura própria do provedor.

Também comentei que não temos aqueles problemas de hardware, isso se dá pelo fato da arquitetura do ambiente funcionar através de um super computador, estamos falando de um cluster.

diagrama cluster alexjunio 01

Imagine centenas e milhares de servidores funcionando como um único cérebro, e quando contratamos a hospedagem cloud, estamos contratando “partes” desse cérebro. Ou seja, estamos contratando um pouco de memória ram, cpu e disco.

Quando ocorrem problemas em um dos servidores que fazem parte deste “cérebro”, nós clientes não notamos, apenas os administradores que tomam conta da infraestrutura, nada fica fora do ar e dá tempo suficiente para que troquem o equipamento defeituoso.

Em suma, dentro de um cluster a informação não está presa a um único servidor, ela está dentro de um grande cérebro que faz com que os dados trafeguem em todos os servidores, garantindo assim a alta disponibilidade básica daquele cloud.

Conclusão

Trabalhar com hospedagem cloud é algo simples se pensarmos assim, mas se torna muito complicado quando você não entende o básico. Entender os fundamentos básicos ( o que é, e como funciona ), pode salvar todo o seu tempo e dinheiro.

O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

 

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Escreva um comentário